Conhecido por sua excelência nas áreas tecnológica, de inclusão social e digital, o Instituto Metrópole Digital (IMD) tem desenvolvido um papel fundamental na formação de jovens em pelo menos quatro regiões do estado. Desde 2010, a unidade acadêmica especializada da UFRN já formou mais de mil estudantes nos cursos técnicos em Tecnologia da Informação (TI) nos polos de Natal, Mossoró, Pau dos Ferros, Angicos e Caicó, atendendo principalmente egressos da rede pública de ensino. Para este mês de janeiro, mais um edital está aberto oferecendo outras 320 vagas somente para  interior.

Operando no formato de Ensino a Distância (EaD), na modalidade semipresencial, os cursos técnicos do IMD têm por objetivo oferecer a possibilidade de certificar seus alunos para o setor de TI. Além disso, os estudantes são motivados a continuarem seus estudos e ingressarem no ensino superior. Para incentivá-los, é aberta uma seleção específica para que possam entrar direto no bacharelado em Tecnologia da Informação, sem precisarem se submeter ao Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Segundo a coordenadora de Secretaria do IMD, Wanessa Lima do Nascimento Ribeiro, os cursos no interior oferecem uma perspectiva de crescimento importante para esses jovens que, qualificados, têm mais condições de entrar no mercado de trabalho. No caso de Elton Rafael Costa, milésimo aluno a receber certificado dos cursos, em setembro do ano passado, o caminho escolhido foi o ensino superior. 

Os cursos técnicos do IMD se baseiam em cinco ênfases na área de TI – informática para internet, eletrônica, redes e computadores, automação industrial e programação de jogos digitais – a serem escolhidas pelos estudantes durante a formação, a depender a oferta de cada polo. Nos municípios de Mossoró, Angicos e Pau dos Ferros, os polos do IMD estão sediados na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). Em Caicó, no Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres/UFRN).

Processo seletivo

Com valor de R$ 30, as inscrições para os cursos técnicos podem ser feitas por meio deste link. Além do público em geral, a seleção é aberta a candidatos que tenham concluído ou que estejam cursando ensino médio.

A seleção conta com 80 vagas para cada um dos polos de ensino. Desse número, 70% é reservado para candidatos que tenham cursado integralmente o ensino fundamental em escolas públicas.

As provas serão aplicadas em cada um dos polos contemplados no edital e acontecem no dia 2 de fevereiro.

Com duração máxima de 3h30, o exame teórico contemplará 40 questões de múltipla escolha sobre temas como cidadania digital, pensamento crítico, pesquisa, gerenciamento de informações e resolução de problemas.

O resultado final da seleção será divulgado no dia 21 de fevereiro, podendo ser consultado no site da Comissão Permanente do Vestibular (Comperve).

Cursos Técnicos

Os cursos técnicos do IMD são oferecidos na modalidade semipresencial – com aulas online e eventuais encontros presenciais. São oferecidas aos alunos formações nas áreas de automação industrial, eletrônica, programação em jogos digitais, informática para internet e redes de computadores. Em 2019, foram formados mais de 200 técnicos em TI.